sábado, 20 de agosto de 2011

VIDRO

DO CONCEITO BÁSICO ATÉ APLICAÇÃO NA CONSTRUÇÃO CIVIL.

O Vidro é uma substância inorgânica, homogênea e amorfa (que não tem forma definida), obtida através do resfriamento de uma massa em fusão.

As principais qualidades e características que o vidro possui são:

-Ser Reciclável;
-Transparência (permeável à luz);
-Dureza;
-Ótimo isolador dielétrico (isolante);
-Baixa condutividade térmica;
-Durabilidade.

O principal componente do vidro é a Sílica (SiO2). Mistura de areia com os demais componentes do vidro é dirigida até o forno de fusão com temperatura de até 1.700ºC e nesse estágio, sua consistência é igual a caramelo. A forma básica da sílica tem o formato de uma pirâmide, com silicone no centro ligado simetricamente a quatro átomos de oxigênio nas suas pontas: tem a fórmula química SiO4 e tem carga negativa. Quando resfriada passa por um processo formando a sílica vítrea.



QUÍMICA DO VIDRO: REAÇÕES BÁSICAS

Outros constituintes principais do vidro liso é o: cálcio e o magnésio.
Estes constituintes incorporam a estrutura da rede como modificadores e a ação destes modificadores é fazer as estruturas mais complexas de modo que quando os componentes são derretidos juntos, no processo de resfriamento, seja mais difícil para os átomos se arranjar em configurações apropriadas para que a cristalização ocorra.

ESTRUTURA


COMPONENTES DO VIDRO

Pigmentos

Cada vidro deriva a sua cor de impurezas que estavam presentes quando o vidro foi formado.  O vidro é colorido por propósito ao introduzir-se minerais ou sais de metal purificado (pigmentos). Às vezes é necessário remover a cor indesejada causada por impurezas para fazer vidro transparente ou prepará-lo para colorir. Descolorizantes são utilizados para precipitar o ferro e compostos de enxofre. O dióxido de manganês e óxido de cério são descolorizantes comuns.


PIGMENTOS DE VIDRO

Cor

Quando colocamos uma amostra de vidro no equipamento de medir cor, que é chamado de colorímetro, este nos fornece números que permitem localizar a cor. As impurezas na matéria-prima influenciam a coloração do vidro.
Para obter uma substância transparente e incolor, os fabricantes lhe acrescentam manganês, que limita os efeitos das colorações esverdeadas e amareladas produzidas pelos óxidos de ferro.
O vidro pode ser colorido com o emprego de óxidos metálicos, sulfuretos e selenetos.  

Alguns tipos de vidros usados na construção civil:

Vidro float: é um vidro plano transparente, incolor ou colorido, com espessura uniforme e massa homogênea. É o vidro ideal para aplicações que exijam perfeita visibilidade, pois não apresenta distorção óptica, e possui alta transmissão de luz.
Vidro temperado: é um vidro float que recebe um tratamento térmico (é aquecido e resfriado rapidamente), que o torna mais rígido e mais resistente à quebra. Em caso de quebra produz pontas e bordas menos cortantes, fragmentando-se em pequenos pedaços arredondados.
Vidro serigrafado: No processo de serigrafia do vidro é feita a aplicação de uma tinta vitrificada (esmalte cerâmico) no vidro comum, incolor ou colorido na massa. Em seguida esse vidro passa por um forno de têmpera onde os pigmentos cerâmicos passam a fazer parte dele. Ao final do processo, obtém-se um vidro temperado com textura extremamente resistente, inclusive ao atrito com metais pontiagudos.

VIDRO FLOAT / VIDRO TEMPERADO E VIDRO SERIGRAFADO

Também existe um vidro que é composto e intercalado que se chama:Vidro Laminado. Este é composto por duas chapas de vidro intercaladas por uma película plástica de grande resistência (PVB - Polivinil Butiral). Em caso de quebra, os cacos ficam presos na película de PVB, evitando ferimentos e mantendo a área fechada até que a substituição do vidro seja realizada. Além disso, possui outros benefícios, como a redução da entrada de ruídos externos (quando comparado aos vidros comuns) e a proteção contra os raios UV (Ultravioleta), pois o PVB barra 99,6% dos raios solares UV (Ultravioleta), protegendo as pessoas dos danos causados por esse tipo de raio, evitando o desbotamento e envelhecimento dos móveis, cortinas, tapetes e outros objetos.


VIDRO LAMINADO

Algumas aplicações na construção civil

O vidro oferece controle do calor e da luz, conforto acústico, proporciona economia de energia e segurança, contribuindo ativamente para o desenvolvimento de construções mais eficientes e sustentáveis.
Exemplos: coberturas, fachadas, muro de vidro, porta e janela, escada, guarda-corpo, piso, sacada e outros.

Alguns Exemplos:

COBERTURA / FACHADA / MURO / PORTAS E JANELAS / ESCADA / SACADA

Na construção civil, o vidro devido suas peculiares características de transparência e dureza superficial, representa a melhor resposta a necessidade de contato com o exterior, ao mesmo tempo em que assegura proteção. Inserido em volume maior nas estruturas, contribui de maneira preponderante para determinar as características mecânicas, acústicas e térmicas das edificações.




Nenhum comentário:

Postar um comentário