quinta-feira, 30 de abril de 2009

Paisagismo na arquitetura

Quando iniciado um projeto de arquitetura é importante a
observação da topografia, do conjunto da vegetação existente,
a paisagem e o caminho do sol. A implantação adequada da
obra em relação ao solo e ao entorno existente ajuda muito
para o resultado se tornar positivo. Uma obra arquitetônica
permite diálogo com a área externa e oferece sensação de
liberdade e de bem estar. "É por isso que deve ser dada
máxima atenção ao projeto de paisagismo".
Elementos arquitetônicos como: aberturas, vidros,
varandas, pergolados, etc, integram a vegetação no
espaço interno e externo.
O verde que possui várias tonalidades, os inúmeros
coloridos de flores e frutas, podem ser usados em
conjunto com os materiais de construção em harmonia.

ARQUITETURA + INTERIORES + PAISAGISMO = OBRA COMPLETA

A preocupação da manutenção que os jardins podem
necessitar, para que preservem a beleza esperada,
devem ser levadas em conta no projeto.
Quando da especificação das plantas, relatar ao cliente
sobre a manutenção que o jardim necessita, se for preciso.
Pessoas que cuidam pessoalmente do desenvolvimento
das plantas em seus jardins, criam vínculo com a vegetação
e fazem desse cuidado uma terapia.
É o caso do jardim receber espécies mais trabalhadas
e diversificadas. Quando a pessoa tem menos intimidade
com plantas, um jardim mais "clean" pode ser o mais indicado,
pois necessita menos atenção e a manutenção é mais econômica.
Nem sempre o paisagismo é complementar em relação à
arquitetura e muitas vezes acontece o contrário.
Um exemplo é, quando se projetam equipamentos para
uma praça, como abrigo para espera de ônibus, banca
de jornal, espelhos d’água, fontes, etc, são elementos
arquitetônicos necessários como infra estrutura, mas
não devem prevalecer em relação às funções principais da praça,
como passeios, recantos, vegetações, ar livre, lazer, recreação.
A área externa possui luzes e sombras que contribuem
para a percepção do tempo, e o sol se movimentando
cria ritmos e ângulos surpreendentes.
Conclui-se que quanto mais a "natureza" participa do espaço,
mesmo já existente, ou mesmo sendo plantadas em seus
jardins como: árvores, rosas, flores, palmeiras, etc, melhor
para a conservação do meio ambiente e mais bonito aos olhos de quem vê.

Nenhum comentário:

Postar um comentário